14/05/2017

Fair Play

Durante a goleada do Benfica e o princípio dos festejos de mais um título (não é o meu clube!). Felizmente que não paguei nenhuma das cervejas...

During the Benfica match, and the beginning of the celebration of another championship title (not my club!). Thank God I didn´t pay any beer...


09/05/2017

Barcelona

Desde que me tornei urban sketcher, que a coisa que mais me entusiasma é conhecer as pessoas que me habituei a admirar pelos desenhos. Foi o que aconteceu no Festival LATITUDES em Óbidos. Sugeridos pelos USkP, um grupo de sketchers de Barcelona foi convidado a participar. Os desenhos da Maru Godas, do Santi Sallés e do Lluisot são fantásticos, mas não conseguem (ainda assim) ser tão bons como as pessoas. Este desenho foi feito durante o jantar de sexta feira, no restaurante do hotel "The Literary Man". Ao lado deste trio de Barcelona estava alguém que também gostei muito de conhecer, o José Paula, fotógrafo do Grupo do Risco. 
E o desenho passa para segundo plano...

Since I became an urban sketcher, the thing that excites me most is to meet the people I used to admire from drawings. This was what happened at the LATITUDES Festival in Óbidos. Suggested by USkP, a group of sketchers from Barcelona was invited to participate. The drawings of Maru Godas, Santi Sallés and Lluisot are fantastic, but they are not (despite that) as good as the persons. This drawing was made during Friday´s dinner at the resturant from the hotel "The Literary Man". Next to this trio from Barcelona was someone that I also really enjoyed to know, José Paula, a photographer from Grupo do Risco.
And the drawing goes to the second plan ...


07/05/2017

10 years 10 classes


É já esta quarta feira que começam as 10-years 10-classes em Lisboa, o programa de formação que celebra os 10 anos dos Urban Sketchers. 
Na segunda sessão, a 17 de Maio, uma das que vai ser orientada por mim, vamos descobrir e desenhar alguns dos lugares mais especiais no Palácio Nacional da Ajuda. Quão especiais serão os objectos do quarto da Rainha? Que histórias encerra este lugar e o que nos contará das pessoas que ali viveram? Para além dos desenhos, vamos também escrever estórias sobre este sítio mágico, tranquilamente e em total exclusividade.
Para mais informações e inscrições clicar AQUI

This Wednesday is the beggining of the 10-years 10-classes in Lisbon, the training program that celebrates the 10 years of Urban Sketchers.
In the second session, on May 17, one of those that will be guided by me, we will discover and draw some of the most special places in Palácio Nacional da Ajuda. How special will the objects of the Queen's room be? What stories ends this place and what will tell us about the people who lived there? Besides the drawings, we will also write stories about this magical place, quietly and in total exclusivity.
For more information and subscriptions click HERE


05/05/2017

Óbidos - Igreja de São Pedro

Nem de propósito. Pouco tempo depois de me sentar no chão empedrado que nem um vagabundo, a desenhar a Igreja de São Pedro, começou a chover...

Not on purpose. A couple of minutes after I sat on the stoned floor like a bum, to draw the Church of São Pedro, it started to rain ...



04/05/2017

Carla Silveira

A última vez que desenhei a Carla Silveira fi-la parecer uma avestruz. Desta vez parece um duende, com a orelha a nascer no cocuruto da cabeça. Eu acho que ficou linda, apesar das mãos de lenhador...

Last time I drew Carla Silveira i did it like if she was a ostrich. This time she look like a elf, with an hear raising in the top of her head. I think she is gorgeous, despite the farmer´s hands...


03/05/2017

Óbidos - Igreja de Santa Maria

Sentado no chão, encostado a meia dúzia de metros da fachada, para que parecesse que ia cair em cima de mim. Gosto tanto!
Seated on the floor, half a dozen meters from the façade, to get the idea that is going to fall over me. I love it!



02/05/2017

Rachelle

Fui a Amesterdão um par de dias, em trabalho.  
Na viagem de ida, e quando me sentei no meu lugar, reparei numa jovem holandesa com umas calças de ganga às pintas azuis escuras ao meu lado, separados apenas pelo corredor. Decidi que iria desenhar aquelas pintas, até sabia com que lápis o iria fazer, tinha tudo decidido. Daí a nada, e enquanto os assistentes de bordo metiam as últimas malas nos armários de cabine, e se preparavam para falar dos coletes salva-vidas e das portas de emergência caso o avião caísse, chegou uma senhora que ocupou aquele lugar, e as calças às pintas foram para o lugar do meio, fora da minha vista. 

Fiquei um pouco desapontado, mas depressa esqueci as pintas azuis. Tentei dormir, que a manhã tinha sido dura e desgastante, mas não consegui. Ao fim de uma hora de voo decidi tirar o caderno para desenhar as pessoas e cabeças que estavam à minha volta, o desenho que publiquei antes deste post. Depois de terminar a linha, espalhei lápis de cor em cima da bandeja da comida (que não serve para nada nestes voos lowcost), e comecei a pintar. Daí a nada tinha vários olhos em cima de mim, curiosos com o que tinha estado a fazer. Incluindo a jovem das calças às riscas, que não aparecia no desenho. Disse-lhe que deveria ter sido ela a ter sido a desenhada, caso não tivesse trocado de lugar. 
Achei que ainda iria a tempo de desenhar as pintas azuis, e perguntei-lhe se a podia desenhar. Disse que sim e trocou de lugar com a Bella, no tal lugar junto ao corredor. Disse-lhe que as minhas pessoas ficam quase sempre deformadas e muito feias, o que acabou por acontecer. 

A Rachelle é linda, tem olhos azuis e uns longos cabelos dourados, coisa que este desenho, por falta de habilidade, não mostra. Disse-me logo que não se reconhecia, e é totalmente verdade. Já as calças, e as pintinhas azuis, estão igualzinhas, e eu gosto do desenho.

I went to Amsterdam a couple of days, for work.
On my way, and as I sat down in my seat, I saw a Dutch girl in jeans with dark blue dots next to me, separated only by the corridor. I decided that I would draw those dots, I even knew with what pencil I would do it, I had it all decided. And as the flight crew place the latest suitcases into the cabinets, before the conversation about life jackets and emergency doors if  the plane crash, a lady came in, and the young lady with the dark blue dots  jeans went to the middle seat, out of my sight.

I was a bit disappointed, but soon I forgot the blue dots. I tried to sleep, that morning had been hard and exhausting, but I couldn´t. After an hour I decided to take the sketchbook to draw the people and heads that were around me, the drawing that I published before this post. After finishing the line, I spread colored pencils on the food tray (which is useless on these lowcost flights), and I began to add colour. In a minute, lots of eyes were looking at me, curious about what I was doing. Including the girl of the dark blue dots jeans, who did not appear in the drawing. I told her that she would be the one on my sketchbook if she had not moved.
I thought I would still be able to draw the blue dots afterall, and I asked  if I could draw her. She said yes and swap place with Bella, in that place on the corridor. I told her that my people are almost always deformed and very ugly, and that in fact happened.

Rachelle is beautiful, has blue eyes and long golden hair, something that this drawing, for lack of my ability, does not show. She told me she did not recognize herself, and it's totally true. But the jeans with blue dots are just like that, and in the end, I really like the drawing.




01/05/2017

Vueling

Um desenho feitos num voo de Lisboa para Amesterdão, que me começava a sentir aborrecido... | A drawing done during a flight between Lisbon and Amsterdam, that I was starting to feel bored...